Resenha de os Bridgertons 7- Um beijo inesquecível

 Meus queridos leitores, voltei aqui pra falar que acabei de terminar de ler o livro 7 dos Bridgertons e li tudo na velocidade da luz, porque foi muito bom e me prendeu do início ao fim. Como eu sempre faço, primeiro vou mostrar a sinopse e depois vou mostrar a minha opinião sobre o livro. Fiquem até o final.

SINOPSE

Hyacinth é uma jovem de 22 anos com uma personalidade fortíssima e uma inteligência fora do normal, depois de algumas temporadas em Londres ela começa a achar os eventos da alta sociedade muito entediantes, só que tudo muda quando o neto da lady Danbury, chamado Gareth aparece com um diário que precisa ser traduzido. Hyacinth se encarrega da tradução e eles começam uma amizade muito grande. Será que a amizade vai virar algo mais? Será que o mistério vai ser desvendado? Será que o mistério em questão vai interferir no relacionamento dos dois? isso vocês vão ter que descobrir lendoo.

MINHA OPINIÃO SOBRE O LIVRO

Eu simplesmente amei. Hyacinth virou minha irmã Bridgerton preferida e Gareth é um fofo. Tudo o que eu não encontrei nos últimos dois livros eu consegui encontrar neste, uma história coerente, cheia de diálogos engraçados, cheia de plot twists maravilhosos, um relacionamento não abusivo (os livros da eloise e francesca não tiveram relacionamentos saudáveis) e eu me senti muito bem lendo, a única coisa que eu não gostei foi que a filha de Hyacinth achou as joias e não avisou para ela, mas é uma coisa que pode ser corrigida no livro de epílogos. Depois de 7 livros dos Bridgertons já me sinto da família, apesar de tudo não estou criando expectativa para o livro do Gregory porque ouvi muitas críticas negativas sobre ele. Esse livro está nos meus top três melhores livros dos Bridgertons e espero que a Julia Quinn me surpreenda com o próximo livro, que será o último, vou sentir saudades quando a coleção acabar. Quem sou eu? Garota do blog,xoxo



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha do livro: Sempre teremos o verão

Resenha do livro: O lado feio do amor (sofri muito)

Resenha do livro: Better than the movies