explicando termos de livros

sabe quando a gente ainda tá se acostumando a ler com mais frequência e do nada aparecem várias palavras que só quem é do meio da leitura entende? então, isso que eu vou explicar, depois que eu der os significados vai ser MUITO mais fácil pra vocês realmente se conectarem com o livro kkkkkkkkkkk. Não pensem que é um assunto chato, eu acho tudooo, tentem ler até o final.

1- ressaca literária: Quem é das antigas deve saber que eu já fiz um post explicando sobre isso, mas eu não sabia direito o que era e tenho certeza que escrevi tudo errado, enfim. Quando o leitor tá super desanimado pra começar um novo livro, mas não porque o novo livro é chato e sim porque simplesmente não consegue se desconectar da história do livro anterior, que foi muito bom ou muito rui.

2-plot twist: essa aqui eu sempre ouvia a galera falando mas nunca tinha buscado saber o que é, fui pesquisar na semana passada e a conclusão que eu cheguei foi que o plot twist nada mais é do que uma total reviravolta na história, quando a gente prevê o final do livro mas o autor ou a autora mudam de última hora, por exemplo: colocar uma doença na principal, matar algum personagem, criar uma guerra ou simplesmente acontecer uma coisa boa e inesperada. Resumindo, plot twist é algo inesperado.

3- prólogo: é aquela parte do livro que vem antes da história iniciar e que traz uma contextualização.

4- epílogo: parte que vem depois da história, que conta tudo o que aconteceu depois que a narrativa acabou.

5- citação: A Paula Pimenta, sempre, antes de começar um capítulo ela traz um trecho de um filme, um trecho de uma série e muitos outros atores também fazem isso. é colocar uma coisa de um outro filme, série ou livro pra dentro de sua narrativa, geralmente vem entre aspas.

Acho que é isso gente, se eu lembrar de outra venho aqui atualizar vocês, Quem sou eu? Garota do blog,xoxo


insta: @blogdeumaanonimaa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha do livro: Sempre teremos o verão

Resenha do livro: O lado feio do amor (sofri muito)

Resenha do livro: Better than the movies